Tenha um som de qualidade

A+ A-

                  

Gente, é muito bom ter um aparelho de som poderoso pra ouvir suas músicas, né? Agora, não pode confundir a qualidade com o volume do áudio! Isso porque, as melhores caixas de som têm áudios perfeitos mesmo em volumes mais baixos. Fora que, um som muito alto pode prejudicar sua audição, além de criar problema com seus vizinhos. Pra te ajudar a escolher o aparelho de som ideal, olha só algumas dicas que eu separei:


Comece pelo tipo de uso

Essa dica é bem fácil, viu? A primeira coisa que você tem que pensar é em como vai usar a caixa de som. Ela vai agitar uma festa, servir de companhia pra uma turma pequena na praia ou pra tocar suas músicas favoritas na sala? Partindo desse primeiro ponto, os seguintes tipos são mais indicados:

- Clube: caixa de som portátil à prova de água

- Trilha: caixa de som portátil com gancho pra mochila

- Festa: caixa de som portátil e potente

- Momento a dois: caixa de som pequena

- Som ambiente: caixa de som que pode ser instalada na parede


Ah, e lembre que tamanho não é documento! Tem gente que acredita que quanto maior é a caixa de som, melhor vai ser o desempenho dela. Só que, uma boa caixa que tenha as especificações certas pode ser melhor do que aquele conjunto cheio de acessórios que tem um tamanho maior, viu? 
 

Essa caixa de som vem até com alça e rodinha pra você levar por aí!


Escolha a potência da caixa de som

Toda caixa de som tem uma potência e ela vem descrita com um número e a letra W ao lado. Só que, potência não significa altura do volume, tá? Esse número é resultado de um cálculo matemático que considera várias outras características do equipamento de som.


Uma potência maior pode alcançar mais pessoas e preencher um espaço grande, como uma sala bem espaçosa ou um jardim. Mas, é preciso levar em consideração algumas características do lugar. Tecidos e objetos de madeira tendem a abafar o som. Então, um ambiente pequeno cheio deles pode pedir uma potência de áudio maior.


Você encontra caixas de som com diferentes potências. Aquelas que têm até 50 W são indicadas pra ouvir a dois ou em ambientes pequenos e com poucas interferências sonoras, como os tecidos e madeiras. As caixas com até 200 W de potência dão conta daquele churrasco com os amigos. Já pra uma reunião maior, escolha um modelo com mais de 200 W de potência.


Verifique se a caixa de som tem subwoofer

Se você valoriza as batidas graves de uma música, é bom ficar de olho nessa dica. Pra sua caixa de som emitir os graves com qualidade, ela precisa ter um subwoofer, que é bem comum nas caixas de som amplificadas ou naqueles kits que vêm com várias caixinhas pra você montar seu sistema de som.


Observe as tecnologias que ela tem

É bom ficar bem atento às tecnologias que a caixa de som traz. Como é o funcionamento dela? Observe se ela funciona à bateria, somente na tomada, se pode colocar pen-drive ou cartão de memória e, principalmente, se o seu smartphone envia algumas músicas pra ela por Bluetooth, o que facilita bastante, já que não precisa de nenhum tipo de cabo! 


Pequena e muito prática, essa caixa de som vem com Bluetooth!


Entenda a diferença entre frequência e decibéis

Olha, muita gente acha que frequência e decibéis quer dizer a mesma coisa, mas um não tem nada a ver com o outro! A frequência te dá uma ideia de sons graves e agudos que saem do aparelho de som, enquanto o decibéis indica o volume. Então, o que realmente importa pra você garantir a saúde do seu ouvido é não ouvir músicas em um nível muito elevado de decibéis, ou seja, num volume muito alto.


Pra você ter uma ideia, barulhos acima de 110 decibéis podem provocar perdas auditivas pra sempre em menos de 30 minutos, acredita? Pois é! Então, o ideal é ouvir o estilo de música que quiser, mas sem aumentar muito o volume pra não te prejudicar, combinado?


É bem fácil medir os decibéis hoje em dia, viu? Por exemplo, dá pra usar seu smartphone pra fazer isso. Basta baixar algum app que tenha essa finalidade. E você encontra várias opções na loja de aplicativos do seu celular!


Como eu falei, os barulhos acima de 110 decibéis podem prejudicar a audição. Então, pra você ter uma ideia, eu separei alguns exemplos. Olha só:


- Sussurro: 20 decibéis

- Conversa normal de uma pessoa: 60 decibéis

- Aspirador de pó: 80 decibéis

- iPod no máximo: 100 decibéis

- Um show de rock: 120 decibéis

- Avião caça decolando (a 20 metros de distância): 140 decibéis


Coloque a caixa de som na melhor posição

Uma, duas, três ou quatro caixas de som. Não importa a quantidade delas, você precisa saber posicionar cada uma da maneira correta! Se o modelo que você escolheu tiver só uma caixa, fica mais fácil. Coloque ela a um metro ou um metro e meio acima do chão e direcione seu som pro centro do ambiente.


Observe se nenhum móvel ou outro objeto tá na frente da caixa de som. Isso pode atrapalhar a propagação do áudio e o volume parecer baixo demais, sabe? E quando você tem várias caixas, vale a mesma dica. Só que elas devem ficar espalhadas pelo ambiente, todas com o som direcionado pro centro dele.


E pra te ajudar a ter um som de qualidade, aqui eu listo os principais usos das caixas de som pra você saber o modelo que deve escolher.


Sua caixa de som ideal tá aqui no Magazine Luiza! Confira as ofertas e modelos pra escolher a sua!