Repelentes, qual escolher?

A+ A-

Gente, pernilongos, moscas e outros insetos não te deixam em paz? Repelentes neles! O melhor é que tem vários modelos que são superseguros e evitam que você tenha inchaços, coceiras, alergias e outros problemas causados por esse bichinhos chatos. Agora, quer saber como encontrar o repelente ideal pra cada situação? Eu te ajudo! Dá só uma olhadinha:


Repelentes pra passar na pele


Esse são ideais pra usar todos os dias, dentro e fora de casa, viu? Tem versões em creme, spray, aerossol e gel. Os que são feitos em creme parecem hidrantes ou vêm em formato de loção e todos podem ter um cheirinho bem agradável pra usar sem problemas no dia a dia. Demais!


O repelente creme pode ter perfume e função hidratante pro dia a dia


Já o spray ou aerossol, como são líquidos, são mais práticos pra usar na praia, quando vai fazer esportes ou em qualquer dia mais quente, que te faça suar bastante.


Esse repelente spray é antialérgico e cruelty free


Mas o spray e aerossol não são a mesma coisa, tá? A diferença é que o spray é aquele borrifado, que você precisa apertar algumas vezes pra aplicar o líquido. Já o aerossol precisa pressionar o botão uma vez pra liberar uma névoa, cobrindo uma área maior.


A vantagem do repelente aerossol é que você pode aplicar no cabelo pra proteger o couro cabeludo e também sob roupas de tecido bem fino pra evitar que os insetos fiquem te rondando. Prático, né?


O aerossol é prático de aplicar e não molha


Tem também o repelente gel, geralmente à base de água, que não escorre nem deixa a pele melada! É ótimo pra quem tem a pele mais oleosa ou vive em lugares quentes e úmidos, como praia ou mata, e precisa de um produto que seque bem rápido. E como ele não tem nenhum perfume, é ideal pra pessoas alérgicas também. Aí sim, hein!


O repelente gel seca rápido e não é oleoso


Escolhendo qual tipo comprar


Tem três tipos de produtos principais que seu repelente pode ter: a Icaridina, o  IR3535 e o DEET, tá? Mas Lu, cada nome estranho! Calma, que eu vou explicar direitinho como cada um te protege!


Icaridina: é um repelente bem potente e dá proteção reforçada contra a dengue, zica vírus e outras doenças. O bom é que ele dura em torno de 12 horas e, por isso, não precisa ficar reaplicando sempre. Bom, né? O repelente com Icaridina é mais usado também em produtos pra crianças acima de dois anos, tá?


IR 3535: já esse é o mais usado nos repelentes pra bebês entre seis meses e dois anos e tá presente inclusive nas loções antimosquito, que são bem levinhas e fáceis de aplicar. Ele dura até 4 horas! Agora, pras crianças menores que 6 meses, o ideal é o bom e velho mosqueteiro, viu?


As loções antimosquito são suaves e indicadas dos 6 meses aos 2 anos de idade


DEET: é o mais comum e tá em quase todas as marcas. Ele dura mais ou menos 4 horas na pele e, apesar de ser mais suave que a lcaridina, protege bem contra a maioria dos mosquitos. Só não passe de três aplicações por dia, que é a quantidade máxima de uso dele, combinado?


Repelentes do ar

Pra reforçar a segurança contra os insetos, o melhor é usar um repelente na pele e outro no ambiente, viu? Tem várias opções de repelentes que ficam no ar, todas bastante seguras! Olha só essas opções:


Repelente espiral: é o famoso repelente em formato de cobrinha, sabe? Ele funciona como um incenso, liberando aos poucos o repelente na fumaça.


Como o cheiro dele é um pouquinho forte, é melhor usar em lugares abertos com bastante ventilação. Também é ideal pra usar em acampamentos, já que não depende de tomadas. Ah, e coloque sempre longe das crianças pra evitar queimaduras, combinado?


Repelente inseticida: é o mais conhecido, bem fácil de aplicar. É só espirrar o aerossol pela casa. Uma dica é usar o inseticida quando tá anoitecendo, depois de fechar as janelas, pra garantir uma proteção extra. Fácil, né?


Repelente ultrassônico: esse repelente é mais seguro se você tem um bebê em casa, já que não tem química, cheiro e não precisa usar ou trocar refil. É só colocar na tomada que ele solta um som que apenas os mosquitos podem ouvir. Daí, esses insetos não chegam perto.


Você pode comprar outros tipos, com frequências de som diferentes, pra repelir baratas, ratos e até morcegos! Demais, né?


Repelente ultrassônico não tem cheiro, química e tá liberado pra bebês


Repelente com luz: é uma outra variação do repelente eletrônico. É só ligar na tomada que ele acende uma luz que atrai mosquitos, que ficam presos e morrem. Ideal pra você ter até na varanda de casa.


Repelentes com luz podem ser 2-em-1, com luz noturna tipo abajur pro quarto


Repelente elétrico: esse é pra quem não dispensa um aparelho automático pra espalhar o inseticida! Ele pode ser em aerossol, pastilha e líquido. Os modelos líquidos e em gel duram até 45 noites. Uau!


Já os repelentes elétricos com aerossol podem ficar ligados direto, disparando um jato automaticamente a cada 15 ou 30 minutos, sem necessidade de troca de refil todos os dias. É um produto seguro pra usar com crianças maiores de 2 anos, mas ligue o aparelho num lugar que os pequenos não alcancem, combinado?


Tem repelentes elétricos que duram até 45 noites


Repelente de citronela: é o mais natural de todos. É feito da planta citronela e, além de proteger dos mosquitos, deixa um cheirinho agradável no ar. Dá pra encontrar ele em vários formatos:


Vela: que você pode usar na casa toda e ainda dá um clima bem legal!

Óleo essencial: pra passar no corpo depois do banho ou pra usar na casa, misturando com água na hora da limpeza.

Óleo concentrado pra tocha: sabe aquelas tochas que a gente encontra em festa e luau? Então, já tem um óleo de citronela feito pra elas, ideal pra jardins, praias e acampamentos.

Spray: pra casa, cortinas e até roupas de cama. Deixa um cheirinho bem gostoso!


Bom, que tal agora garantir seu repelente aqui no Magazine Luiza e deixar os insetos bem longe de você e da sua família, hein?