Diversão no computador

A+ A-

É claro que o computador é útil em casa e você e todo mundo concorda que este é um aparelho quebra diversos galhos em nossa vida na hora de  estudar, pesquisar, trabalhar...

E, claro, na hora de se divertir! Seja em bate-papos virtuais, trocando emails ou curtindo um bom game. Afinal, basta conhecer um pouquinho mais sobre a história dos videogames  para descobrir que tudo teve início com um computador.

Só que, às vezes, acontece uma questão meio chatinha: o micro não ser compatível com o jogo escolhido. Ou então, você até consegue instalar o CD, mas os recursos disponíveis no PC acabam prejudicando o desempenho do game. #comofaz?

Antes de ficar #chatiado, você precisa ficar atento e esperto ao tipo de máquina que você tem em casa e às especificações que este ou aquele game exigem. Dica da Lu: escolha um computador que suporte a execução dos mais modernos games. E, para isso, será preciso entender melhor para que serve cada item descrito nas especificações de games para PC .

Entendendo as especificações

- Memória RAM (Random Access Memory): é ela que dá ao micro a velocidade na busca por informações de momento, ou seja, a memória RAM é que possibilita que o computador grave informações para serem utilizadas naquela hora. Ela consiste num sistema de armazenamento de dados com acesso aleatório, ou seja, a informação arquivada pode ser alcançada a qualquer momento, independente da sua localização. Quanto maior a memória RAM, maior a velocidade de acesso aos dados do jogo (modelos, texturas, animações). - Processador: considerado o cérebro do computador, o processador é o circuito responsável pela execução dos comandos fornecidos ao micro. Existem séries de processadores com características próprias para a execução de games, como aqueles com aceleradores gráficos ou desempenho aprimorado para renderização em 3D.

- Placa de vídeo: capacidade de reproduzir quadros rapidamente e com alta resolução vem da placa de vídeo. Estas são as características necessárias para acompanhar com exatidão as cenas dos jogos, sem perder qualidade. Existem placas com capacidade de resolução de até 2560 x 1600 pixels, mas isso exige que os demais componentes do micro sejam igualmente potentes, além de um bom monitor. Verifique a compatibilidade com as novas tecnologias de vídeo digital: porta para cabos HDMI e/ou DVI e aceleração 3D são itens importantes. Um detalhe importante e que não posso deixar de falar é que as placas podem ser dedicadas ou off-board. As placas dedicadas estão ?acopladas? à placa mãe do micro e, em geral, são mais modestas em termos de recursos. Já as off-board, são como acessórios que aprimoram a qualidade dos gráficos. A grande vantagem de optar por uma placa assim é que você pode, com o tempo, substituí-la.

- Disco rígido (HD): esse você conhece. É o disco no qual você roda as informações e grava seus arquivos. Embora no mercado você possa encontrar discos com até 1 TB (terabyte) de espaço, deve ficar atento também à velocidade de acesso. Isso porque, em geral, nos games de tiro o acesso aos dados do HD é frequente, o que exige maior velocidade, no mínimo, 7.200 rpm (rotações por minuto). Já os que possuem mudanças de fase carregam uma grande quantidade de dados em uma única vez e podem funcionar bem com 5.400 rpm. Isso não quer dizer que você não deve prestar atenção na capacidade de armazenamento do HD, tá? O espaço necessário para alguns games é de até 20 GB. Uma opção é usar dois HDs como se fossem um só ? prática conhecida como ?raid zero? ?, assim, embora os dados sejam armazenados em locais diferentes, a velocidade de acesso é mais rápida.

- Teclado: letras, números e setas não são suficientes para os que viram a noite jogando no micro. A turma precisa e quer mais! Nesse quesito duas novidades podem favorecer o desempenho do usuário: teclas que acendem e uma ?máscara? que facilita o acesso as teclas de atalho do jogo. O principal é a facilidade de configuração do teclado, seu design ergonômico e a velocidade de resposta aos comandos. Teclados para games são mais caros do que o padrão, mas compensam na hora de completar aquela fase mais difícil.

- Mouse: um mouse específico para games tem em média uma resolução 4 ou 5 vezes maior que a dos convencionais. Tal característica pode ser decisiva num jogo de tiro, por exemplo. O top de linha neste segmento é mouse a laser.

- Gabinete: consiste numa placa metálica com elementos plásticos utilizada para ?guardar? todos os elementos do computador. Também chamada de ?torre?, possui uma grande variedade de modelos com cores vibrantes ou discretas e designs surpreendentes.

- Joystick: em alguns games a mobilidade do jogador será melhor com o uso de controle específico para computador , com botões e design muito similares aos de videogame. No caso dos simuladores de voo ou jogos de corrida de carro a sensação se torna mais realista com um joystick/volante apropriado. Acho o máximo transformar o seu micro em um pequeno carro de Formula 1!

- Sistema operacional: indispensável para o funcionamento do computador, o sistema operacional é utilizado para controlar as tarefas executadas pelo micro, gerenciando seus recursos a fim de aprimorar seu desempenho. Os mais comuns são Windows 7, 8 e Linux.

- Placa de áudio: como o nome sugere, é o item responsável pelo gerenciamento e transmissão do áudio. O raciocínio é bem semelhante ao da placa de vídeo: existem as integradas à placa e às off-board, com características mais avançadas!

- Leitor de cartão de memória: atualmente os cartões são usados não só em games, mas em celulares e máquinas fotográficas, sendo uma boa opção para transportar dados como arquivos em MP3, ebooks, JPGs, etc.

Existem outros periféricos e hardwares necessários para o bom desempenho de um microcomputador, mas aqui foram listados os itens indispensáveis para um bom jogo. Veja no quadro a seguir um exemplo da variedade de requisitos dos games atuais.

Game Gênero Ano
Sistema de áudio e vídeo
Mídia
Espaço livre em disco Memória RAM Velocidade do Processador Sistema operacional
Máfia Take 2 Ação 2002 DirectX 8.1 CD 1.8 GB 128 MB 700 MHZ Windows 98/98 SE/ME/2000/XP
Harry Potter Ordem da Fênix Aventura 2007 DirectX 9.0 DVD 4.5 GB 256 MB De 1.6 GHz Windows XP ou Vista
Bioshock Tiro em 1ª Pessoa 2007 DirectX 9.0c CD/DVD 8 GB 1 GB 4 2.4 GHz Windows XP
TD Collection Futebol Esporte 2006 DirectX 9.0 DVD/CD 2 GB 128 MB 1GHz Windows 2000/XP
Uefa Euro Esporte 2008 DirectX 9.0 DVD 2.32 GB

256 MB (2000/XP)

1.3 GHz (2000/X)

Windows 2000/XP/Vista
SimCity Sociedade Simulador 2007 DirectX 9.0c DVD 2.1 GB 512 MB 1.7 Ghz Windows XP/Vista
Oblivion RPG 2006
DirectX 9.0
DVD 4.6 GB 512 MB 4 de 2 GHz Windows XP

O que é ?expansão??

É uma espécie de continuação do jogo que possibilita outros objetivos e aperfeiçoamento de recursos com inclusão de fases, novos personagens e mais opções de diversão.

Por ser um complemento do game original, toda expansão necessita que o jogo principal esteja instalado. Um dos exemplos mais bem sucedidos de games com pacote de expansão no mundo dos computadores é o The Sims, no qual o jogador precisa ?administrar? a vida de seu personagem construindo sua moradia, comprando objetos, alimentado-o e até procurando um emprego adequado a sua personalidade. Os pacotes de expansão do The Sims recriam a rotina universitária ou uma noite na balada.

E aí? Está sabendo tudo sobre as fichas técnicas dos games? Então agora, vai lá e arrebenta!