Dicionário dos pneus

A+ A-

Gente, tem várias palavras e siglas relacionadas a pneus que parecem ser difíceis de entender, né? Mas é super importante saber todas elas, pra quando chegar a hora de comprar pneus novos, você escolher o modelo ideal pro seu carro. Por isso, eu preparei algumas explicações que vão facilitar muito sua vida! Vem comigo!


Decifrando seu pneu

Todo pneu tem um tipo de código na lateral que é onde ficam várias informações, como a velocidade ideal pra rodar com ele e quanto peso pode ser carregado. E cada letrinha e número do código podem ser entendidos direitinho se você entrar no site do fabricante do seu pneu, tá?


Agora, pra você ter uma ideia de como fazer a leitura deles, eu tenho um exemplo que vai te ajudar bastante. Então, faz de conta que do lado do seu pneu tá escrito P195/60R16 65H M+S:


- A letra P significa que aquele pneu é destinado pra carros de passeio.

- O número 195 é a largura da banda de rodagem em milímetros, ou seja, a largura daquela parte do pneu que toca o chão quando ele tá montado e inflado.

- Já o 60 é a altura do flanco correspondente a 60% da largura do pneu.

- A letra R indica que aquele pneu tem construção radial.

- O 16 é o diâmetro do aro em polegadas.

- O 65 é a taxa de carga do pneu

A letra H é a classificação da sua velocidade.

- Por fim, o M + S significa que o pneu é adequado pra todas as estações.
 

Saiba o que significa cada letra e número do pneu pra escolher o modelo ideal

Palavras técnicas importantes sobre pneus
 
Aquaplanagem: é quando os pneus perdem contato com a superfície quando passam por uma poça de água, por exemplo.


Banda de rodagem: é aquela parte do pneu que toca o asfalto ou a terra.
 

Desenho de banda de rodagem: são os desenhos, chamados de sulcos, na parte em que ele toca o chão. Pros diversos tipos de ambiente e condições de tempo tem um desenho especial, tá? Assim, pneus pra chuva são mais borrachudos com canais bem fundos pro deslocamento da água. Já pneus pro tempo seco têm menos sulcos, pra aumentar a superfície de contato.


Flanco: é a parte lateral do pneu.


Ombro: é a quina do pneu, em que a banda de rodagem e o flanco se encontram.


Carcaça: é o que sustenta o pneu. É feita de materiais metálicos ou têxteis.


Composto do pneu: são os materiais que compõem a borracha do pneu. Pode ter variações de materiais ou concentração, o que vai indicar as características do pneu.
 

Indicador de desgaste: é um pontinho mais alto feito de borracha que fica dentro do sulco do pneu. Quando o pneu fica tão gasto que esse ponto encosta no chão, é hora de tirar ele do carro e comprar um novo.


Resistência ao rolamento: é a resistência do pneu ao movimento do veículo. Quanto menor ela for, melhor.
 

Pneu sem câmara de ar: é o modelo que não usa câmara interna. Só funciona com aros específicos e válvulas adequadas pro modelo, tá?


Gostou das dicas e explicações? Agora é só escolher os
pneus pro seu carro aqui no Magazine Luiza!