Das fraldas ao troninho

A+ A-

Gente, a mudança das fraldas pro troninho é um momento muito importante na vida das crianças, né? É um sinal de que elas estão crescendo e tendo um pouquinho mais de controle do próprio corpo. E, nessa fase, os pais e educadores precisam ter bastante paciência. Pra te ajudar com essa fase na vida dos seus filhos, olha essas dicas, que legais:

 

Como escolher o troninho?
É legal que os primeiros momentos no banheiro sejam divertidos e isso pode começar na escolha do
troninho. Compre um modelo colorido, que possa tornar a hora do cocô divertida. Quem quiser se arriscar um pouco mais pode comprar modelos que tocam até música!

 

Ah, e é importante que ele tenha uma altura adequada pro seu filho, porque além de dar segurança pra ele, vai  ajudar nas horas de aperto. E, pra facilitar a limpeza, escolha modelos com vaso removível, tá?

 

Onde colocar o troninho?
No começo, o troninho pode ficar no
quarto da criança pra ela ir se acostumando com ele. Depois, aos poucos, vai deixando ele no banheiro, perto do vaso sanitário, porque só assim a criança consegue entender a função do ambiente e como tudo ali funciona.

 

Quando começar a transição?
Geralmente, as crianças começam a ter mais controle do xixi e do cocô entre 1 ano e meio e 2 anos de idade. Então, esse momento costuma ser o ideal pra começar o treinamento no banheiro. Mas, tem outros sinais que mostram que seu filho está pronto pra começar a usar o
troninho. Por exemplo, se ele te avisar que precisa fazer cocô ou ficar incomodado com a fralda suja, você já pode começar a ensinar.

 

Outro sinal pra prestar atenção é se seu filho entende o que significa ir ao banheiro. Se ele sentir vontade, mas não conseguir seguir as dicas que você dá, então pode ser que ainda seja um pouco cedo.

                     

O troninho é ideal pra começar o treinamento no banheiro

 

Como deve ser o processo?
Não existe um passo a passo certo, mas têm algumas dicas que podem ajudar seu filho durante esse processo. Olha só!

 

Quem será o treinador?
Pra que a criança tenha um exemplo, é interessante que o pai ajude os meninos e a mãe ajude as meninas. Mas não é uma regra, tá? O mais importante é que o responsável tenha paciência.

 

Faça pequenos testes
Tire a fralda por um dia e veja como seu filho se comporta. Se ele ficar incomodado, coloque denovo e deixe passar alguns dias pra fazer outra tentativa. É normal que a criança estranhe, então não precisa se preocupar se ela demorar um pouquinho pra querer usar o troninho. Agora, se essa reação continuar até depois dos 5 anos, vale a pena conversar com o médico pra se orientar, tá?

                     

Sem pressão ou broncas, o troninho tem que ser um aprendizado divertido pros pequenos

 

Sem broncas
É claro que podem acontecer pequenos acidentes e eles serão bem chatos de limpar. Mas, é muito importante que você não brigue com a criança por causa disso! Dando bronca você pode criar um pequeno trauma, que pode ser ruim nesse processo de aprender a usar o banheiro. Então, tenha um pouquinho de paciência. Diga apenas que o lugar pra xixi e cocô é o troninho e, aos poucos, ele vai se acostumando.

 

Passe confiança
Talvez seu filho tenha dificuldade pra relaxar enquanto estiver no troninho. Por isso, é legal deixar alguns
livrinhos ou brinquedos por perto, assim ele vai se sentir mais confortável. Os pais sentarem na privada também pode mostrar pra ele que isso é algo normal, que todo mundo passa. Inclusive, é importante contar como foi pra você toda essa mudança, até pra tranquilizar seu filho que logo logo ele será gente grande também.

 

No Magazine Luiza você encontra uma variedade de troninhos para as crianças. Escolha o seu agora mesmo!