Comida japonesa : saiba tudo sobre ela

A+ A-

                                  

Gente, a culinária japonesa está presente entre nós. Aqui no Brasil, São Paulo tem a maior colônia japonesa e ainda tem muitos restaurantes típicos, né?! 

 

Seja para comer em um restaurante típico ou para preparar em casa, a cozinha japonesa é fascinante e cheia de detalhes. Pensando nisso, preparei essa matéria completinha pra você conhecer um pouco mais sobre ela.

 

As refeições japonesas

                                             

A comida japonesa tá muito forte e presente na culinária no Brasil


Pra começar, você sabia que a cozinha japonesa foi muito influenciada pela China?! Pois é! Foi ai que apareceu o uso do hashi, aqueles
palitinhos de madeira, e também o shoyu. Legal!

 

Por isso, as refeições japonesas são sempre bem arrumadas e coloridas, porque os cozinheiros japoneses tentam usar os ingredientes que só podem ser encontrados em uma determinada época do ano. Isso acontece, porque eles acreditam que os alimentos devem ser consumidos sempre frescos. Aí sim, hein!?

 

E olha só que legal, diferente dos ocidentais, a separação dos pratos não é feita pelo ingrediente principal (carne, peixe ou legumes, por exemplo), mas sim pelo modo de preparo, cozido ou frito, por exemplo.

 

Sendo assim, uma refeição tradicional conta sempre com muitos pratos servidos em porções pequenas, cada um em uma tigela individual. A refeição mais comum é a que tem uma sopa, arroz branco e três acompanhamentos, que podem ser carne, vegetais, cozidos ou bolinhos.

 

Ah, e uma curiosidade que pode parecer estranha aos nossos olhos: o típico café da manhã japonês é composto por missoshiro, arroz branco e um legume em conserva. Já imaginou?

 

Organização na refeição

Olha só, é muito difícil encontrar no Brasil restaurantes que sigam as regras tradicionais da cozinha japonesa. Mas se quiser fazer um jantar temático em casa é só seguir essas regrinhas. 

 

A primeira coisa é separar cinco tigelas e pratos para colocar na mesa. Na ponta, à esquerda, fica a tigela de arroz. Na ponta, à direita, fica a sopa. Atrás delas ficam os três acompanhamentos ? na esquerda, um prato fermentado; no meio, vegetais cozidos; e à direita, um prato assado. Ah, os hashis ficam com as pontas viradas para a esquerda ao lado da tigela de quem está sendo servido. E tem mais, a sobremesa não são comuns e é um hábito recente influenciado pelos ocidentais. Demais!

                                     

Organizar uma refeição japonesa em casa pode ser uma grande diversão

 

Quer conhecer os pratos japoneses?

Ao contrário do que muita gente pensa, a cozinha japonesa não tem apenas ingredientes exóticos e crus. Tem ingredientes que conhecemos muito bem, viu?! Olha só: 

 

Missoshiro: caldo feito à base de massa de soja (missô), caldo de peixe, cebolinha e tofu.

Yakissoba:  macarrão frito à moda oriental com carne, peixe, frango e legumes.

Tempura: fritura feita com legumes fatiados e camarão empanados.

Gyoza: pasteizinhos de massa fina com recheio de carne, porco ou vegetais. Podem ser feitos no vapor ou fritos e costumam vir com um molho picante e bem líquido à parte.
 
Teriyaki: um tipo de churrasco oriental de peixe, carne, frango, porco ou vegetais com molho de soja levemente adocicado.

Sukiyaki: mistura de macarrão, carne, ovo e vegetais em um caldo de peixe com molho de soja e saquê.
 
Yakitori: espetinhos grelhados com molho. Os mais comuns são de frango, carne ou cogumelos.

Sashimi: peixe cru fatiado. Pode ser de atum, salmão, linguado ou qualquer fruto do mar que tenha consistência firme o bastante para ser fatiado.

 

Sushi


Sabe aquele bolinho de arroz com recheios ou coberturas?! Ele é o famoso sushi. E ele se divide em:

Uramaki: arroz sobre folha de alga com recheios. É aquele sushi onde o arroz fica por fora, coberto por gergelim ou outro tempero.

Norimaki: alga nori sobre arroz com recheios variados. É aquele sushi de tamanho um pouco maior onde a alga fica por fora. O popular ?califórnia? é um tipo de norimaki com salmão e frutas inventado pelos norteamericanos. 

Hossomaki: alga nori sobre arroz com um único tipo de recheio. É aquele sushi pequeno onde a alga fica por fora.

Niguiri: fatias de peixe, frutos do mar ou omelete sobre bolinho de arroz. É o sushi que tem um pedaço de peixe sobre o bolinho, com ou sem uma tira de alga para segurar a composição.

Temaki: são os populares cones feitos de arroz e recheios enrolados com alga nori.


 
Etiqueta japonesa


Gente, os modos à mesa são bem diferentes dos nossos e têm alguns segredinhos que só os mais próximos da colônia japonesa sabem. Ficou curioso? Vem comigo que te conto algumas. 

 

Para servir, use sempre a mão direita. Servir alguém com a mão esquerda significa que ele é um inimigo.

 

Antes das refeições, os japoneses servem toalhas quentes na bandeja pra tirar a sujeira da rua. Ah, use só pra limpar as mãos e nunca no rosto, tá?

 

Na hora da refeição, nada de espetar a comida com o hashi, viu?! Isso é uma falta de educação gravíssima. E as tigelas, dá pra levantar com a mão até uma altura em que ficar mais confortável para comer. As tigelas de arroz, macarrão ou sopa podem ser levantadas sempre com a mão esquerda.

 

Já o saque, você nunca pode beber sozinho! E um tem que servir o outro. Você serve seu amigo e vice-versa. O copo deve ficar cheio até o fim da refeição, quando ele será esvaziado em um único gole. Ah e você pode dizer ?Kampai? que é o  nosso ?saúde? durante os brindes.

 

Prontinho, agora é só pensar o que vai servir no seu jantar japonês. Ah, e pra te ajudar, eu tenho matéria completinha, é só clicar aqui