Cinta Modeladora

A+ A-

                 

Gente, quem não sonha em ter um corpo com  formas perfeitas como o de grandes estrelas da música e do cinema, hein? O que pouca gente sabe é que muitos desses artistas recorrem às cintas modeladoras, um recurso que vem sendo usado desde a Idade Média, viu?

Pra se ter uma ideia, a peça surgiu com o nome de espartilho para modelar a cintura de princesas e mulheres da alta sociedade. Naquela época, a peça não era tão confortável como as cintas e calças modeladoras de hoje em dia. Mesmo assim, era um item fundamental no guarda-roupa das mulheres.  Com o passar do tempo a peça ganhou novas versões. Com o uso de novos materiais, formatos e muita tecnologia ela se tornou em um importante método para a beleza e a saúde das pessoas.

Para que serve e como funciona?
Gente, as cintas funcionam pressionando a região das costas e da barriga. Com isso, elas conseguem um efeito duplo: ajudam a modelar o corpo, ao mesmo tempo que mantêm a postura correta.

Aliás, este é um dos principais motivos que leva muitas mulheres a optarem pelo uso da cinta abdominal nas academias, viu?

A peça deixa a coluna reta, ajuda a contrair o diafragma e deixar os músculos do corpo no lugar. Bacana, né?

Já as calças modeladoras funcionam de modo parecido, mas não atuam na região da coluna. O foco delas é modelar pernas e coxas e segurar a barriguinha.

                  

Diferentes tipos
Olha só, as cintas podem ser encontradas em vários formatos e materiais, com diferentes finalidades. Por exemplo: existem os modelos indicados para atletas de fisiculturismo ou para pessoas que trabalham carregando peso. Estas são mais rígidas do que os outros modelos.

Já as de neoprene e com amarração cruzada são mais confortáveis e indicadas para a academia ou para usar durante o dia.

Alguns cuidados básicos
Uma dica, antes de escolher a sua cinta, é importante observar alguns detalhes, tá?! Prefira aquelas que tenham uma boa estrutura e que não sejam de tecido muito fino. Afinal, a função da cinta é modelar o corpo e, para isso, é necessária a compressão

Escolha uma que se ajuste bem no seu corpo, mas que permita movimentos e que nunca atrapalhe a sua respiração. Até porque, se você usar de maneira errada  pode causar dores nas costas, problemas de circulação, prisão de ventre e até a flacidez da musculatura. E isso é chato, né?

E os resultados?
Verdade seja dita: todo mundo quer perder medidas e conseguir resultados arrasadores, não é mesmo? Mas a cinta sozinha não faz milagres, viu?

Você pode combinar o uso de cremes redutores de medidas específicos para a região. Mas, para ter resultados satisfatórios é importante manter uma rotina de exercícios físicos e uma boa alimentação.

Assim você potencializa os efeitos desejados além de ganhar um estilo de vida mais saudável.

Uso médico
Ah, atenção se você fez algum tipo de cirurgia no abdômen existem modelos específicos para essas situações, viu?

Elas são de materiais diferenciados e ajudam no reposicionamento dos tecidos e musculatura. Inclusive, podem revestir todo o corpo como as coxas e seios. São modelos comuns e muito usados depois de lipoaspiração, próteses mamárias e até cesáreas.

A dica é conversar com o seu médico primeiro, porque ele certamente vai te indicar a cinta ou calça modeladora ideal pra você, tá?

Quem pode usar
A cinta modeladora é versátil e normalmente indicada tanto para homens como para mulheres. Agora, se você tiver problemas de coluna, dores abdominais e inchaço, fale com o seu médico antes tá?

E outra coisa, se aparecer irritações na pele ou coceira, suspenda o uso e converse com o seu dermatologista.

E mais importante: não se esqueça de que a cinta precisa trazer conforto, beleza e bem-estar, combinado?

No site do Magazine Luiza você encontra diversas opções de cintas e calças modeladoras.