Amamentação com qualidade!

A+ A-

Gente, o leite materno é o alimento perfeito pros bebês, né? Ele tem todos os nutrientes que os pequenos precisam nos primeiros meses de vida. E além de nutrir, quando a mamãe amamenta, um forte vínculo é criado entre ela e o bebê, que se sente amado e protegido. Mas, às vezes, a mamadeira precisa ser usada, seja porque o leite secou, ou porque o pequeno precisa de suplementos alimentares.


É uma situação que acontece, viu? E, se a mamadeira vai fazer parte do dia a dia da criança, então é melhor saber escolher direitinho o modelo ideal pro seu filhote! Olha só:


Tipos de mamadeira

Quando você for escolher a mamadeira ideal pra criança, vai encontrar alguns modelos diferentes, tá? Pra te ajudar, vou explicar o que muda entre os três  principais tipos.


Mamadeiras de Boca Larga - ela tem a boca mais larga que as mamadeiras comuns. Como esse bico é maior, fica bem mais fácil limpar dentro dela. E por conta do tamanho, ela deixa o bebê com a sensação de que tá mamando no peito. Legal, né?


Mamadeiras com alças laterais - essa é ideal pras crianças que já conseguem segurar sozinhas a mamadeira. Por causa das alças, ela fica na inclinação certinha durante a alimentação e não corre o risco de escorregar das mãozinhas dos pequenos.


Mamadeiras anticólica e antirrefluxo ? esse tipo de mamadeira vem com um mecanismo que separa o ar do leite na hora da mamada. E isso é ótimo porque, quando o bebê engole ar, as cólicas chegam com tudo e incomodam demais!


Quanto ao refluxo, até os 12 meses de idade é comum a criança ter esse problema, tá? Esse modelo de mamadeira não chega a resolver a situação, mas, se o bebê não sugar ar, os refluxos podem diminuir um pouco.


Ah, e uma dica sobre o tamanho das mamadeiras é que aquelas com até 240 mililitros são boas pra bebês de até seis meses, viu? Agora, dos seis meses a um ano, é melhor usar uma de 260 mililitros. Depois dessa idade, o ideal são os modelos de 330 mililitros.


Tipos de bicos

Os bicos das mamadeiras podem ser de borracha ou silicone. E a diferença entre os dois é que o silicone dura mais, só que é menos flexível. Enquanto que o de borracha é bem mais molinho e se desgasta mais rápido.


O tamanho do bico também pode variar, tá? Tem um menor, que é ideal pra crianças de até seis meses, e o maior é ótimo pra ser usado depois dessa idade.


E também é importante prestar atenção no furo do bico, viu? Se o bebê não tá acostumado com mamadeiras, o furo deve ser o menor possível pra ele não sugar muito leite de uma vez. Então, deixe os furos maiores pra mamadeiras de crianças maiores ou então quando os pequenos precisam tomar leite engrossados com suplementos.


Além do bico redondo, bem tradicional, tem um modelo ortodôntico, que imita o formato do seio da mãe, e pode ser ótimo pra crianças não acostumadas com mamadeira, viu?


Limpeza e esterilização

O ideal é sempre lavar e esterilizar a mamadeira após o uso. Então, a dica é ter pelo menos duas, viu? Assim, não corre o risco de deixar o bebê com fome porque não deu tempo de fazer a limpeza. Até tem esterilizadores de mamadeira que facilitam muito a sua vida, mas, se você prefere o método tradicional, não tem problema, tá? É só mergulhar a garrafinha e o bico da mamadeira em água filtrada e depois ferver a água com os dois por quinze minutos.


Depois, é só secar tudo com um pano bem limpo ou então deixar a água escorrer sozinha. Viu como é bem simples?


E você precisa fazer isso todo dia, viu? Se quiser uma ajudinha extra na limpeza, tem escovas específicas pra usar na parte interna da mamadeira, e você deve passar antes de esterilizar na água quente, já que ela tira todos os resíduos de leite que podem ter ficado grudados nas laterais.


Ah, e os bicos devem ser trocados a cada três meses. Já a garrafinha da mamadeira, pode mudar a cada seis meses em média.


Quer comprar mamadeiras pro seu bebê? Então, dá uma olhadinha no site do Magazine Luiza!